Pages

About me

Pesquisa personalizada

27 de agosto de 2010

O poder infinito de sua mente por LAURO TREVISAN

Há certos fenômenos no mundo que parecem ser dirigidos por uma força estranha e superior. Este livro tem algo de fenômeno, não só por atingir a incrível tiragem de 600.000 exemplares, desde seu lançamento em 1980, mas também pelo número imenso de pessoas que, através de sua leitura, curaram suas doenças, sobrepujaram o fracasso, tornaram-se vitoriosos e prósperos, alcançaram o milagre de um ótimo casamento ou conseguiram a realização total de suas mentalizações grandiosas.

Hoje é best seller também em outros países, pois já está traduzido para o inglês espanhol, italiano e alemão. Neste momento, só estamos pensando em você, que tomou o livro nas mãos, pois temos certeza que você também se ligará nessa Força Divina, que tornará sua vida melhor e melhor em todos os sentidos. Parabéns e boa sorte. Com certeza.







DESCUBRA AS MARAVILHAS DE SUA MENTE

“Em qualquer direção que percorras a alma, nunca tropeçarás em seus limites”.

Sócrates






Muitas vezes você deve ter-se perguntado: por que algumas pessoas são felizes e outras desgraçadas? Por que alguns têm sucesso na vida e outros vivem e morrem marginalizados?


Olhe ao seu redor e verá pessoas que começaram como simples empregados e hoje estão lá em cima, e verá pessoas que nunca saíram do mesmo lugar; verá pessoas que casaram e são felizes, e verá pessoas cujo casamento se desintegrou, não sobrando pedra sobre pedra. Continue olhando e verá pessoas que conseguiram curar-se de doenças tidas como incuráveis, e pessoas que nada puderam contra a doença. Talvez você faça parte desse exército incalculável de pessoas que sofrem de insônia e só vão pegar no sono de madrugada à força de soníferos, quando existem tantas outras pessoas que, basta caírem na cama, e já estão dormindo na doce paz de um saudável sono.


Você já se perguntou por que existem pessoas alegres e despreocupadas, quando milhões de outras são deprimidas e atormentadas por neuroses e medos? Muitos já dividiram o mundo em duas partes: as pessoas de sorte e as pessoas de azar. Será que vivemos sob o fluxo e refluxo do imprevisível? Será que teremos que dizer, como Shakespeare, que “há mais mistérios neste mundo do que a nossa vã filosofia pode imaginar?”


Foi para abrir a sua mente que escrevi este livro. Aqui você descobrirá o seu verdadeiro destino. Agora você começa a levantar o véu do mistério e do desconhecido; agora você vai encontrar o caminho dos seus sonhos. Não importa o estado atual em que você se encontra. Não importa se você é pobre ou doente ou fracassado. Você pode, desde logo, começar a abrir as mãos para receber todas das as dádivas da vida.


Seria injusto supor que só uma pequena classe de privilegiados pudesse ter acesso aos arcanos da sorte e das boas coisas da vida, enquanto que o resto teria que se contentar com as migalhas.


Seria também ridículo admitir que as riquezas do uni verso sejam limitadas, de tal sorte que, se uns tiverem bastante, outros terão pouco. Você sempre desejou ter uma vida repleta de felicidade, de amor, de paz, de saúde, de bem-estar econômico. Se não o conseguiu, alguma coisa deve estar errada em você. O que é?


Sei que você já culpou a falta de sorte, a falta de oportunidades; sei que já culpou os pais, o governo, a vida, o mundo, o diabo, as bruxarias, os despachos, sei lá o que mais.

Mas, comece a pensar desde já: será que a culpa está fora de você ou dentro de você?
 SE OS OUTROS PUDERAM VOCÊ TAMBÉM PODE
Lembre-se que tudo o que é pensável é realizável. Tudo o que uma pessoa pode desejar, pode conseguir. Se os outros puderam, você também pode, porque as citou a leis do universo, do qual você faz parte, são justas, corretas, indiscriminatórias e infalíveis. Aquelas pessoas que alcançaram enorme sucesso na vida, aquelas pessoas que realizaram maravilhas, aquelas pessoas que obtiveram verdadeiros milagres, se tivessem usado a mente da forma errônea como você a usou, não seriam agora mais do que você.


Um dia um senhor veio se queixar comigo de que sua vida estava na pior. Tudo dava errado. Eu perguntei-lhe o que estava fazendo para melhorar a vida e qual era a sua meta desejada, bem como aonde pretendia chegar. Ele não soube me dizer. Não sabia o que queria. E se queixava. Se você toma um táxi e não diz ao motorista para onde deseja ir, ele não poderá levá-lo a lugar algum, não é mesmo? Os outros puderam porque sabiam o que queriam. Saiba o que você quer e aqui aprenderá a usar os meios infalíveis e fáceis para chegar lá. Você vai aprender a usar o poder infinito de sua mente, poder este que lhe alcançará tudo aquilo que você deseja. Não importa se você é culto ou não, se é pobre ou não, se é inteligente ou não, se você tem dinheiro ou não, se você tem saúde ou não.


Seja você quem for, esteja onde estiver, há dentro de você uma bomba atômica de força irresistível. Quando você descobrir o lugar do estopim, BUUUUUUMMMM! - conseguirá estourar a sua bomba e a sua vida se modificará de forma incrível.





0 Qual seu infinito?:

Postar um comentário

Qual seu Infinito?

Ocorreu um erro neste gadget

Dica do dia

  • Arca de Nóe - Filme
  • Nikita - Séries
  • The Big Bang Theory - Séries
  • Dexter - Séries
  • Touch - Séries
  • 50 / 50 - Filme
  • Amizade Colorida - Filme
  • Confiar - Filme
  • A Bela Adormecida - Filme
  • Pedras de Calcutá - Caio Fernando Abreu
  • O Ovo Apunhalado - Caio Fernando Abreu
  • Morangos Mofados - Caio Fernando Abreu
  • As Frangas - Caio Fernando Abreu
  • Convivendo com os Diabinhos - Mirim Roders
  • Decisões Extremas - Filme
  • O Poder e a Lei - Filme
  • Os segredos da mente milionária - T. Harv Eker
  • Piaf - Filme
  • O Varredor de Cinzas - Livro
  • Apenas Sexo - Filme

Ache aqui!

Os infinitos mais vistos

Isso é escrever

“Não sinto nada mais ou menos, ou eu gosto ou não gosto. Não sei sentir em doses homeopáticas. Preciso e gosto de intensidade, mesmo que ela seja ilusória e se não for assim, prefiro que não seja. Não me apetece viver histórias medíocres, paixões não correspondidas e pessoas água com açúcar. Não sei brincar e ser café com leite. Só quero na minha vida gente que transpire adrenalina de alguma forma, que tenha coragem suficiente pra me dizer o que sente antes, durante e depois ou que invente boas estórias caso não possa vivê-las. Porque eu acho sempre muitas coisas - porque tenho uma mente fértil e delirante - e porque posso achar errado - e ter que me desculpar - e detesto pedir desculpas embora o faça sem dificuldade se me provarem que eu estraguei tudo achando o que não devia. Quero grandes histórias e estórias; quero o amor e o ódio; quero o mais, o demais ou o nada. Não me importa o que é de verdade ou o que é mentira, mas tem que me convencer, extrair o máximo do meu prazer e me fazer crêr que é para sempre quando eu digo convicto que nada é para sempre." (Gabriel García Márquez)

Definição

"Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis, mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver."
(CFA)

Pausado

Pausado
"Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem"

Quem sigo

Um Pouco

"Mas como menina-teimosa que sou, ainda insisto em desentortar os caminhos. Em construir castelos sem pensar nos ventos. Em buscar verdades enquanto elas tentam fugir de mim. A manter meu buquê de sorrisos no rosto, sem perder a vontade de antes. Porque aprendi, que a vida, apesar de bruta, é meio mágica. Dá sempre pra tirar um coelho da cartola. E lá vou eu, nas minhas tentativas, às vezes meio cegas, às vezes meio burras, tentar acertar os passos. Sem me preocupar se a próxima etapa será o tombo ou o voo. Eu sei que vou. Insisto na caminhada. O que não dá é pra ficar parado. Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola. E refaço. Colo. Pinto e bordo. Porque a força de dentro é maior. Maior que todo mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários. É maior porque é do bem. E nisso, sim, acredito até o fim.” (Caio Fernando Abreu)
Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Amazon SearchBox

Amazon Deals

Ocorreu um erro neste gadget

Groupon