Pages

About me

Pesquisa personalizada

26 de junho de 2012

Só quero ser feliz, cara.





Muda o foco muda o comportamento.
E com o tempo aprende que consequências são necessárias.  
Aprende que .. e desaprende que...
Para eles sua felicidade não basta. Eles  têm que se sentirem felizes e satisfeitos com escolhas que são suas. Mais afinal, a escolha foi feita por quem? Quem precisou mudar? Quem sentiu o chamado? Quem quer ter uma vida melhor?
Eles não poderiam estar satisfeitos, felizes e acolhedores com as escolhas que a deixou feliz?
Eles não poderiam simplesmente agradecer pela mudança? Eles não poderiam ao menos dizer: Independente da sua escolha eu estarei aqui.
Cadê a ‘ordem’ da palavra: Sorrido seu é sorriso meu?
O vento soprou? A chuva lavou?
Para onde foi à frase: Conte comigo!! Estou aqui!!
O que aconteceu com meus amigos? Por que eles mudaram?
É tão doloroso assim para vocês aceitarem que ela tem uma nova vida, que quero permanecer nessa nova vida.


Ta ai #

 Aprenda: Tem pessoas que só te amam enquanto estão precisando de você.

Porque quando esse alguém se afasta, ela não se vai só; leva com ela tudo o que pode, inclusive o coração de quem a quer por perto. (Príncipe Imperfeito)



Então é isso?
As coisas acontecem desse jeito?

21 de junho de 2012

Faz muito tempo






   Muitas vezes sofro por falta de resposta das pessoas. Uma decisão errada poderia ser literalmente fatal para as pessoas próximas. Costumo entender mais ao outros que a mim mesma. Acumulo tantas informações nas quais quero entender. Com tanta coisa para olhar sobre a personalidade de alguém e me concentrar nos traços característico de cada palavra, é nelas que tenho a mais probabilidade de indicar o modo como uma pessoa pensa. Fiz-te inúmeras perguntas para poder ter pistas sobre o modo que você poderia se sentir a respeito.
Não perco a esperança de tentar (sim porque é  que faço nessas horas), entender a fragilidade humana. Se tiver mais dificuldade de chegar a uma decisão do que ser menos compassivo. Mais isso acontece por causa do desejo de querer agir do modo correto de não querer ferir ninguém, e assim têm pouca probabilidade de ser desonesto.  
Minhas atitudes em relação à vida é muito influenciada pelo fato das minhas necessidades emocionais e física terem sido ou não satisfeita.
 
 Minha bagagem se perdeu durante a viagem..  ( falo da viagem da imaginação).
 
É essencial expor algo sobre si mesmo, se quiser que as outras pessoas continuem a te entender e te escutar. A maneira como mudamos de assunto ou calamos  para não gerar resposta é assustada e ao mesmo tempo provocante. Isso me deixou completamente perdida e sem sentido, ao mesmo tempo me fez pensar em diversas coisas, foi um borbulha pra mente. Essa seria uma resposta crucial, falo com convicção por que em nenhum tempo ficastes sem me dá uma resposta. Passou-me uma certeza que toquei no seu ponto "fraco".

20 de junho de 2012

Remexendo na memória




Ontem lia uma matéria da escritora francesa Anaïs Nin. Ela  mencionava numa pesquisa da Revista Época: O poder da Amizade. O editor comparava o ponto de vista de filósofos, patriarcas da sabedoria ocidental e políticos romanos. O que me chamou atenção foi à opinião da escritora:

“Cada amigo representa um mundo em nós, um mundo possivelmente não nascido até que ele chegasse, e é somente através desse encontro que um novo mundo nasce”.

Amor que é amor...


.. DURA A VIDA INTEIRA!!

E quando as palavras somem e ficam presas na sua garganta o que resta fazer? Chorar não aliviar, gritar não alivia, falar não alivia.. Então oro e as palavras de Deus aliviam e ensina que é tudo pelo o amor.

Que nada do que passou é grande comparado ao amor do Pai.
Um Pai que não se cansa de você. Que não se cansa de te dá à oportunidade de tentar mais uma vez. Um Pai que te ama sem pedi amor em troca. Um Pai que te conforto. 

19 de junho de 2012





Escrevendo falo bem pra caramba não  é?

15 de junho de 2012

Meu maior tesouro




Fazer aniversário não significa apenas ‘ficar mais velho’, completar ano é celebrar mais uma oportunidade que a vida te oferece para crescer como pessoa. É ter a oportunidade de rever conceitos, atos e palavras.
É saber que durante todos esses anos você foi de alguma forma, fundamental na vida de outras pessoas.

Para nós,  que fazemos parte da sua geração, nos sentimos privilegiados por essa data. Sabemos que todo teu aprendizado nos motivou  e nos tornou seres humanos capazes e conscientes.

Agradecer-te,  seria tão pouco perto de tudo que tem feito por nos. Mesmo assim obrigada Vovó por ter sido luz nos momentos de escuridão. Por ter sido ponte nos momentos de precipícios. Por te sido sol nos momentos de chuva. Por ter sido ar nos momentos que faltaram à respiração. Obrigada por ter sido mãe, avó, esposa, nora, companheira, vizinha, irmã, tia. Obrigada por nos amar sem pedir nada em troca.
Obrigada por ser minha Mãe-Avó e com isso ter-me  feito uma pessoa melhor. Cheia de afeto, gratidão, humildade.

Espero poder chegar aos meus 79 aninhos com a sua mesma lucidez, menos seus abusos, claro  (risos) , que todas as manhãs guardem para você os aromas, os sabores e o brilho típico dos sóis de Primavera.

Que o Senhor, na sua infinita sabedoria, continue a te abençoar.
Amo muito você, Minha Terezinha.

De sua Neta-filha-chata-querida,

Mykynha

14 de junho de 2012

O Pato e a esponja


É preciso que aprendamos a nos tornar impermeáveis
Por acaso você já observou o que acontece com os patos quando dão seus mergulhos na lagoa? Eles simplesmente não se molham. Suas penas são cobertas com uma camada de óleo, tornando a ave impermeável. Ele retira cuidadosamente o óleo, da glândula uropigial, com o bico e o espalha por todo o corpo. Se você lavar um pato com detergente, ele se afogará no primeiro mergulho. Mas o pato não é a única ave privilegiada com esta proteção. Praticamente metade das aves possuem a tal glândula.
Ao liderar pessoas difíceis é fundamental desenvolver um mecanismo de proteção parecido com o do pato. De alguma maneira, é preciso que fiquemos “impermeáveis”. O grande erro é deixar que o temperamento difícil de uma pessoa se torne referência para você e para todos ao redor.
Se alguém fala alto demais em seu ambiente de trabalho, não vai demorar muito para que todos comecem a se comunicar aos berros. Será a vitória do erro. É preciso que aprendamos a nos tornar um pouco surdos, mantendo um jeito sereno de falar. Impermeáveis. O silêncio falará mais alto que os gritos, e a serenidade será a referência determinante para aquele ambiente.

O problema é que, além de não sermos "patos", muitas vezes, nos comportamos como verdadeiras "esponjas".Temos a trágica capacidade de absorver tudo. Se alguém vomita num lugar público, logo buscamos um balde d'água para limpar o lugar. Porque não fazemos o mesmo com as pessoas que vomitam mau humor, inveja e raiva?

Absorver estes sentimentos como uma esponja é tão asqueroso e prejudicial quanto absorver o vômito alheio.
Se pensássemos desta maneira, não ficaríamos com tanta facilidade nos remoendo em ressentimentos. Prestou atenção nesta palavra? Vou repetir "re-sentimento". É sentir de novo o que já fez mal da primeira vez. Recebemos uma ofensa, basta a dor uma vez só. Mas preferimos comentar sobre o fato ressentidamente com alguém, depois com outro e mais outro... Ao final do dia já "re-sentimos" a mesma dor várias vezes. Jogue um balde d'água nessa sujeira!
 O perdão é o melhor remédio. Seja pato.. não seja esponja.


(Artigo extraído do livro "Como liderar pessoas difíceis").

Padre Joãozinho, SCJ






2 de junho de 2012

Janelas abertas






Sim, eu poderia fugir, meu amor
Eu poderia partir
Sem dizer pra onde vou, nem se devo voltar
Sim, eu poderia morrer de dor
Eu poderia morrer e me serenizar
Ah, eu poderia ficar sempre assim
Como uma casa sombria, uma casa vazia
Sem luz nem calor
Mas quero as janelas abrir
Para que o sol possa vir, iluminar nosso amor


Zélia Duncan
Ocorreu um erro neste gadget

Dica do dia

  • Arca de Nóe - Filme
  • Nikita - Séries
  • The Big Bang Theory - Séries
  • Dexter - Séries
  • Touch - Séries
  • 50 / 50 - Filme
  • Amizade Colorida - Filme
  • Confiar - Filme
  • A Bela Adormecida - Filme
  • Pedras de Calcutá - Caio Fernando Abreu
  • O Ovo Apunhalado - Caio Fernando Abreu
  • Morangos Mofados - Caio Fernando Abreu
  • As Frangas - Caio Fernando Abreu
  • Convivendo com os Diabinhos - Mirim Roders
  • Decisões Extremas - Filme
  • O Poder e a Lei - Filme
  • Os segredos da mente milionária - T. Harv Eker
  • Piaf - Filme
  • O Varredor de Cinzas - Livro
  • Apenas Sexo - Filme

Ache aqui!

Os infinitos mais vistos

Isso é escrever

“Não sinto nada mais ou menos, ou eu gosto ou não gosto. Não sei sentir em doses homeopáticas. Preciso e gosto de intensidade, mesmo que ela seja ilusória e se não for assim, prefiro que não seja. Não me apetece viver histórias medíocres, paixões não correspondidas e pessoas água com açúcar. Não sei brincar e ser café com leite. Só quero na minha vida gente que transpire adrenalina de alguma forma, que tenha coragem suficiente pra me dizer o que sente antes, durante e depois ou que invente boas estórias caso não possa vivê-las. Porque eu acho sempre muitas coisas - porque tenho uma mente fértil e delirante - e porque posso achar errado - e ter que me desculpar - e detesto pedir desculpas embora o faça sem dificuldade se me provarem que eu estraguei tudo achando o que não devia. Quero grandes histórias e estórias; quero o amor e o ódio; quero o mais, o demais ou o nada. Não me importa o que é de verdade ou o que é mentira, mas tem que me convencer, extrair o máximo do meu prazer e me fazer crêr que é para sempre quando eu digo convicto que nada é para sempre." (Gabriel García Márquez)

Definição

"Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis, mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver."
(CFA)

Pausado

Pausado
"Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem"

Quem sigo

Um Pouco

"Mas como menina-teimosa que sou, ainda insisto em desentortar os caminhos. Em construir castelos sem pensar nos ventos. Em buscar verdades enquanto elas tentam fugir de mim. A manter meu buquê de sorrisos no rosto, sem perder a vontade de antes. Porque aprendi, que a vida, apesar de bruta, é meio mágica. Dá sempre pra tirar um coelho da cartola. E lá vou eu, nas minhas tentativas, às vezes meio cegas, às vezes meio burras, tentar acertar os passos. Sem me preocupar se a próxima etapa será o tombo ou o voo. Eu sei que vou. Insisto na caminhada. O que não dá é pra ficar parado. Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola. E refaço. Colo. Pinto e bordo. Porque a força de dentro é maior. Maior que todo mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários. É maior porque é do bem. E nisso, sim, acredito até o fim.” (Caio Fernando Abreu)
Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Amazon SearchBox

Amazon Deals

Ocorreu um erro neste gadget

Groupon