Pages

About me

Pesquisa personalizada

31 de agosto de 2010

Momento Curiosidade - O gênio russo que não quer ser milionário


A maioria das pessoas no mundo inteiro gostaria de ser milionária, mas esse não é o caso do russo Grigory Perelman (foto), 44 anos. O russo, considerado um dos maiores gênios vivos, ganhou um prêmio de US$ 1 milhão, mas já declarou que não tem interesse no dinheiro. “Tenho tudo que quero”, afirma. Perelman tem direito ao prêmio por encontrar uma solução para um problema clássico chamado Conjectura de Poincaré, que desafiava os matemáticos há mais de um século. O brilhante matemático vive em São Petersburgo de forma humilde – uma vizinha chegou a declarar que ele mora em um apartamento pequeno, cheio de baratas, com apenas uma mesinha e uma cama com um lençol sujo, deixado pelos antigos donos.



Genialidade ou loucura, Perelman fez o que ninguém foi capaz. Agora não se sabe qual é sua maior façanha: desvendar o problema ou recusar tanto dinheiro por seu próprio mérito.


Fonte: Istoé

Momento Saúde - Rinite Alérgica

Nota: escolhi fazer essa postagem para esclarecer as pessoas que tem esse problema e para ajudar meus/minhas amigos/as a entenderem porque sempre tenho espirros constantes ( que aliás, muitos reclamar por isso ). Minha rinite alérgica é hereditária, faço tratamento há anos uso sprays nasais, tomo medicamentos injetavéis e uso oral.


A Rinite Alérgica é um problema extremamente comum, afetando uma em cada 5 pessoas no mundo todo.
Os sintomas da Rinite lembram bastante um resfriado, com coriza, congestão nasal e espirros. Contudo, ao contrário do resfriado, a Rinite Alérgica não é causada por um vírus, mas por uma resposta alérgica a certas substâncias presentes no ambiente.
Sem o tratamento adequado, a Rinite Alérgica pode comprometer sua qualidade de vida, causando insônia, fadiga e irritabilidade, além de aumentar o risco para outros distúrbios alérgicos como asma e eczema.


Quais os sintomas?


Os sinais e sintomas da Rinite podem variar desde muito leves até severos.
Pessoas com Rinite leve sofrem com episódios discretos e pouco freqüentes de coriza e coceira no nariz associada a lacrimejamento nos olhos. No outro extremo, pessoas com Rinite severa apresentam sintomas que duram mais de 4 dias por semana ou mais de 4 semanas consecutivas. A congestão nasal crônica pode causar dor na face, alterar o paladar e a olfação, e afetar até mesmo sua aparência, com formação de edema em torno dos olhos e olheiras.
Os sintomas da Rinite alérgica costumam surgir imediatamente após o contato com a substância à qual você tem alergia. Estas substâncias são chamadas Alérgenos, e os alérgenos mais comuns incluem pólen, ácaros, baratas, mofo, pêlo de animais domésticos, fumaça e perfumes.


O que causa a Rinite Alérgica?


Durante um processo chamado Sensibilização, seu sistema de defesa identifica - por engano - certas substâncias como invasores potencialmente perigosos. Isto faz com que seu organismo produza anticorpos chamados Imunoglobulina E (IgE) contra esta substância.
Na próxima vez em que você entrar em contato com a substância alérgena, seu sistema de defesa irá despejar grandes quantidades de IgE na corrente sangüínea, desencadeando a liberação de produtos químicos que causam edema na membrana mucosa do nariz, seios da face e olhos.

O resultado: os olhos e o nariz começam a escorrer e você espirra sem parar. A principal substância envolvida nesta resposta alérgica é a Histamina.
A hereditariedade desempenha um papel importante no desenvolvimento da Rinite Alérgica: filhos cujos pais possuem asma ou rinite, possuem um risco maior para os mesmos problemas.
Apesar da rinite alérgica acometer pessoas de todas as idades, ela é mais comum em crianças e adolescentes. À medida que envelhecemos, as crises tendem a ser menos intensas.


-Existem fatores de risco para desenvolver Rinite Alérgica?
-Sim, existem. Os principais incluem:
-Familiares com problemas alérgicos
-Sexo masculino (os homens são mais afetados que as mulheres)
-Primavera (devido à maior quantidade de pólen em suspensão no ar)
-Ser o primeiro filho
-Contato com fumaça de cigarro durante o primeiro ano de vida
-Exposição à poeira com ácaros


Como é feito o diagnóstico?


Através do exame médico e de testes de exposição a certos alérgenos. Estes testes são realizados injetando-se pequenas quantidades de extratos alérgenos sob a pele e avaliando o tamanho da pápula que se forma com o passar do tempo. Alguns exames de sangue também podem ser úteis, com a dosagem dos níveis de IgE.


Quais a complicações mais comuns da rinite alérgica?


A Rinite alérgica pode afetar a qualidade de vida. Espirrar e assoar constantemente o nariz pode ser inconveniente, desconfortável e até mesmo embaraçoso. Além disso, a Rinite pode prejudicar seu sono, causando fadiga, irritabilidade e comprometimento do rendimento no trabalho ou na escola.
A Rinite também pode aumentar a freqüência de crises de bronquite em pessoas asmáticas. O eczema (também chamado de dermatite atópica, ver postagem do dia 26 de agosto de 2010) é mais comum em pessoas que sofrem de Rinite.
A congestão prolongada dos seios da face aumenta a susceptibilidade da pessoa para Sinusite.
Em crianças, a Rinite é um fator de risco importante para o desenvolvimento de infecções nos ouvidos.


Existe tratamento?


Uma vez identificados os agentes (alérgenos) responsáveis pelas crises alérgicas, a primeira medidas é procurar evitar ao máximo o contato com estas substâncias. Em alguns casos, isto é o suficiente para controlar a Rinite.
Dependendo da intensidade da congestão nasal, seu médico poderá receitar sprays nasais, descongestionantes e antialérgicos. Se tudo isto não resolver o problema, a opção seguinte é a Terapia de Dessensibilização – também conhecida como Imunoterapia. Esta terapia consiste no emprego de injeções contendo extratos purificados dos alérgenos mais importantes para o seu caso específico. As injeções devem ser aplicadas em intervalos regulares durante 2 a 5 anos. O objetivo é diminuir a sensibilidade do organismo para aqueles alérgenos, reduzindo as manifestações da Rinite e a necessidade de medicamentos.


Referências Bibliográficas Selecionadas


Passalacqua G. Allergic rhinitis: the nose and beyond. Allergy. 2006 Nov;61(11):1245-8.
Douglass JA, O'Hehir RE. Diagnosis, treatment and prevention of allergic disease: the basics. Med J Aust. 2006 Aug 21;185(4):228-33.
Pynnonen MA, Terrell JE. Conditions that masquerade as chronic rhinosinusitis: a medical record review. Arch Otolaryngol Head Neck Surg. 2006 Jul;132(7):748-51.
Radojicic C. Sinusitis: allergies, antibiotics, aspirin, asthma. Cleve Clin J Med. 2006 Jul;73(7):671-8.

Momento Saúde - cuidados com mãos e unhas

Uma das partes do corpo mais sensíveis tanto quanto o rosto a pele das mãos é muito fina e as submetemos a lavar roupa, exposição excessiva ao sol e além de tudo elas auxiliam todo o corpo e acabamos esquecendo-se delas, muitas mulheres podem até cuidar devidamente do corpo, mas não das mãos geralmente só depois dos trinta anos é que os primeiros sinais de marcas e manchas começam a surgir ai já é tarde demais porque assim como o pescoço é a única parte do corpo que não tem cirurgia plástica a não ser tratamentos com cremes e específicos com acompanhamento de dermatologista, o resultado das mãos mal tratadas são unhas quebradiças e fracas com sinais de descamação e ressecamento, a alimentação também pode espelhar sobre a pele.

Um dos principais causadores das manchas e do envelhecimento precoce é o sol e é sobre a pele mais sensível que os primeiros sinais devem surgir que é no rosto e nas mãos, a exposição excessiva em horários impróprios e ainda sem fator de proteção solar compromete a saúde da pele as radiações solares são prejudiciais a nossa saúde, desde que a exposição seja moderada em horários indicados e o uso de produtos com fator de proteção solar garante vitamina E ao organismo e as chances do surgimento de manchas e o ressecamento da pele são mínimas. Cuidar das mãos deve ser uma rotina que faz parte da higiene pessoal assim como escovar os dentes, tomar banho e hidratar o corpo. Para ter as mãos e unhas saudáveis é preciso esquecer-se das cutículas, retirarem o excesso de pele se torna uma porta aberta para fungos e bactérias o ideal é empurrá-las, ficar algumas semanas sem esmalte também ajuda muito para que elas se renovem em caso de unhas frágeis, lixar sempre, evite cortá-las e não lixe por cima, isso faz com que acelere o processo de descamação.

As mãos são tão frágeis quanto o pescoço e o rosto se tiverem duvidas sobre qual hidratante escolher lembre-se disso que o mesmo cuidado receitado para o rosto é o mesmo para as mãos, aproveite o resto de creme que sobra do rosto para hidratar as mãos e nunca deixe de protegê-las do sol e produtos químicos.

29 de agosto de 2010

Dr. Flávio Gikovate

Nota: Postagem dedicada ao médico, psiquiatra, psicoterapeuta e escritor brasileiro, Flávio Gikovate.


Formado pela USP em 1966, desde 1967 trabalha como psicoterapeuta, dedicando-se principalmente às técnicas breves de psicoterapia. Em 1970 foi assistente clínico no Institute of Psychiatry da Universidade de Londres.


Nos últimos trinta anos, escreveu 25 livros sobre problemas relacionados com a vida social, afetiva e sexual e seus reflexos na sociedade, alguns dos quais também publicados em língua espanhola.Colabora regularmente com vários periódicos de grande circulação. Manteve uma coluna semanal sobre comportamento no jornal Folha de São Paulo, entre 1980 e 1984 e, entre 1987 e 1999, uma página na revista mensal Claudia. Mantém um programa de rádio semanal (No Divã do Gikovate) na Central Brasileira de Notícias além de freqüentemente participar, como convidado, de programas de televisão. Entre 1991 e 1993, coordenou programas na Rede Bandeirantes de Televisão e uma primeira fase do talk-show Canal Livre.


É também conferencista, atuando em eventos dirigidos ao público em geral, como também naqueles voltados a quadros gerenciais e profissionais de psicologia ou de diferentes especialidades médicas.


Desde o início da carreira, Gikovate dedica-se essencialmente ao trabalho de psicoterapeuta. Escrever foi uma forma de transferir conhecimento e ajudar pessoas a entrar num ciclo de evolução. Ele é conhecido por abordar de forma original, sem subtrair a importância teórica do seu trabalho, as questões e problemas que afligem os relacionamentos pessoais e interpessoais.


E faz isso com muito prazer. Em 1977, foi convidado pela revista Capricho para escrever sobre sexo e amor. Seu primeiro artigo, no auge do lema sexo, drogas e rock’n’roll, ele já separava sexo de amor. Em 1979, ele deu uma entrevista de 11 páginas para a revista Playboy, ao então jornalista Ruy Castro. A reportagem estarreceu muita gente. De 1980 a 1984, assinou uma coluna semanal sobre comportamento no jornal Folha de S.Paulo, e de 1987 a 1999, uma página mensal na revista Claudia.


Entre as obras de sua autoria, estão: Dá pra ser feliz... Apesar do medo, O mal, o bem e mais além – Egoístas, generosos e justos, A libertação Sexual, Ensaios de amor e solidão, Homem: o sexo frágil?, A liberdade possível, Uma nova visão do amor e Cigarro: um adeus possível todas publicadas pela MG Editores. Pela Saraiva, lançou Super dicas para viver bem e ser mais feliz, que foi publicado em 2008 em quatro línguas: italiano, espanhol, árabe e francês. Também possui livros publicados pela Moderna. Em 2009, lançou a versão em espanhol de Uma história do amor...Com final feliz, pela editora colombiana Panamericana Editorial. O livro também ganhou versão em inglês, ao lado de O Mal, o bem e mais além – Egoístas, generosos e justos. No fim de 2009, lançou pela Editora Globo o livro No divã do Gikovate.


 
Otimismo e pessimismo
 
Quais serão os fatores que impulsionam o ser humano na direção de um comportamento posi­tivo ou negativo em relação à vida?
 
Não deixa de ser curioso observar as diferentes reações do ser humano frente a certos obstáculos. Ao adoecer, algumas pessoas só pensam na recuperação; outras sentem que jamais voltarão a ter saúde. Diante de uma situação de risco, os otimistas decidem enfrentá-la, pois acham que as chances de sucesso são boas; os pessimistas recuam, antevendo a catástrofe.
Para começar um namoro, o otimista se aproxima de alguém que despertou seu interesse; o pessimista evita o primeiro passo, imaginando uma rejeição inevitável.
As diferenças não param aí. Se de um lado, há alegria de viver, generosidade, desprendi­mento, do outro há certa tendência ao egoísmo e à tristeza, às vezes disfarçada de falsa euforia.
O otimista está sempre cheio de planos e projetos, é inovador, contagiando com sua esperança as pessoas que o cercam. O pessimista é mais comedido nos gastos e nos gestos, costuma ser conservador, só se interessa por coisas que já foram testadas e agradam à maioria.
Quais serão os fatores que impulsionam o ser humano na direção de um comportamento posi­tivo ou negativo em relação à vida?
Vale a pena levantar algumas hipóteses. Antes de mais nada, acredito que não se trate de um mero condi­cionamento ou hábito de pensar.
Quer dizer, não adianta acordar de manhã com a disposição de mudar e de tomar atitudes positivas. Esse tipo de otimismo será falso, superficial e não levará ao sucesso almejado.


Dr. Flávio Gikovate - http://www.flaviogikovate.com.br/

28 de agosto de 2010

Momento Saúde - Suco de clorofila benefícios

Hoje em dia a busca pela saúde plena é constante mesmo com altos níveis de obesidade em todo o mundo muitas pessoas se preocupam não só com a saúde pela estética manter o peso para estar dentro dos padrões de beleza, mas porque é necessário em tempos que comidas de fest food e semi-prontas é algo que facilita a vida, porém não trazem tantos benefícios quanto à refeição saudável que todos deveriam ter que seria aquela a base de grãos, sementes, verduras, legumes, frutas etc. É preciso olhar um pouco mais para o futuro antes de ingerirmos o que não proporciona ao corpo o que ele realmente necessita como o refrigerante que é uma bebida altamente calórica mesmo em edições light e diet não fornece nenhum tipo de beneficio a não ser a sensação de refrescância e o sabor agradável fazendo com que o organismo se adapte e sinta prazer e vontade de beber mais.



Chá verde, branco, vermelho, linhaça, vinagre de maçã, ração humana e até mesmo a água se tornaram aliados em tratamentos para perder peso com saúde, agora a nova receita é o suco de clorofila ou suco de luz do sol experimentado por varias celebridades entre elas Camila Pitanga, Danielle Suzuki, Leandra Leal e Cléo Pires, nutricionistas garantem além de favorecer em tratamentos de emagrecimento o suco repõe nutrientes que o organismo perde durante o dia sendo fonte natural de vitaminas e minerais e ainda possui baixo teor calórico. A clorofila é um elemento encontrado nas folhas verdes é rica em proteínas e vitaminas é desintoxicante natural possui vitaminas A, B e E fortalecendo a imunidade do organismo contra possíveis infecções causadas por fatores externos, é possível encontrarmos 17 tipos de aminoácidos e 7 enzimas que são antioxidantes combatendo anemia, fortalece a visão, a memória, atua na formação óssea, tonifica os músculos, fornece energia, combate a osteoporose e o mal de Alzheimer além de favorecer a pele por conter fatores cicatrizantes ajuda em tratamentos de cravos e espinhas atua diretamente nas unhas, pele e cabelo.



Receita:


1 colher de sopa de capim-limão (opcional: hortelão, menta ou erva-cidreira);
1 colher de sopa de semente de girassol;
2 maçãs grandes;
½ pepino c/ casca;
2 folhas fatiadas de couve;
1 cenoura média cortada;
Bater tudo no liquidificar, coar e tomar um copo em jejum pela manhã.

27 de agosto de 2010

Como funciona a sua mente por LAURO TREVISAN



A mente é uma só, mas tem duas funções ou características: mente consciente e mente subconsciente. A mente consciente é a mente racional, objetiva; é a mente que pensa, analisa, raciocina, deduz, tira conclusões, seleciona, censura, dá ordens, determina, imagina; é a mente servida pelos sentidos; é a mente em estado de vigília e responsável pelo que você é. A mente subconsciente é a mente subjetiva, impessoal, não seletiva, cujo papel é cumprir as ordens que recebe da mente consciente através do pensamento. Tudo o que a mente consciente aceita como verdadeiro, a mente subconsciente também aceita e realiza.


Nas profundezas do subconsciente residem o poder infinito, a sabedoria infinita, a saúde infinita, enfim todos os atributos divinos. A mente consciente age e a mente subconsciente reage de acordo.


William James, pai da moderna psicologia americana, disse que o poder de mover omundo está no subconsciente. O que você grava na mente subconsciente, esta moverá céus e terras para tornar realidade física.


O subconsciente é, também, o construtor do corpo e mantém todas as suas funções vitais. Trabalha sempre, noite e dia, tentando ajudá-lo e buscando preservá-lo de qualquer dano.


Pode-se dizer que a mente subconsciente é universal ou cósmica, por isso você abrange todo o universo dentro de você.


Foi Sócrates quem disse que quando levantamos um dedo estamos afetando a estrela mais distante.
A mente subconsciente pode ter muitos nomes, uma vez que ela é íntima com o espírito e o espírito é infinito. Jesus dizia: Eu e o Pai somos UM. Havia absoluta interação entre a sua mente consciente e subconsciente, daí o Poder Infinito do Mestre, capaz de realizar milagres a qualquer momento.


Outras pessoas falam em Eu Superior, em Mente Cósmica, em Presença Infinita, em Poder Infinito, em Energia, Vida, assim por diante. Qualquer nome que você dê, será um nome limitado, pois você nunca abrangerá toda a extensão da sua mente, porquanto chega a um ponto em que ela se confunde com a própria divindade.


A mente subconsciente tem força infinita, capaz de realizar todos os seus desejos, mas nunca age por conta; ela age, de modo todo especial, determinada pelo pensamento. O pensamento dá a ordem e o subconsciente cumpre.

Por isso, você é o resultado dos seus pensamentos.


Pronto, agora você desvendou o mistério. Agora você tem as chaves do reino dos céus.


Como dizia Jesus Cristo: “O reino de Deus está dentro de vós mesmos.”

Está na hora de conhecer a si mesmo?

Dizem os pesquisadores que o homem de hoje não utiliza mais do que cinco por cento de sua capacidade mental. Veja bem, não é engano, apenas cinco por cento, se tanto. É como se tivesse um caminhão de dez toneladas e passasse a vida inteira carregando apenas quinhentos quilos de carga. Apesar de existir há milhões de anos, no que tange ao uso da mente, o homem está ainda na era da pedra lascada. É por isso que vivemos num “vale de lágrimas” e dizemos que a vida é uma luta insana e dura.


“Se a vida é imprevisível, se não pode ser determinada por mim, neste caso eu não sou a minha vida; a minha vida vai se fazendo alheia a mim, alheia às exigências do meu ser, alheia ao meu querer, ou seja, totalmente descomandada, como um barco à deriva”.


Se a vida é incontrolável, a vida é injusta. Injusta porque a uns os faz ricos e a outros miseráveis; a uns os faz inteligentes, a outros curtos de inteligência; a uns é pródiga em benefícios, a outros é madrasta; a uns abençoa, a outros amaldiçoa; a uns cumula de bens, a outros lhes tira tudo; a uns oferece um corpo sadio, a outros toda espécie de doenças; a uns permite a cura de suas doenças, até mesmo gravíssimas e humanamente irreversíveis, a outros abandona-os à morte; a uns enche de sapatos, a outros lhes corta as pernas. Se a vida é imprevisível, torna-se uma frustração. Frustração porque cria nas pessoas os desejos e não os satisfaz. Se a vida é uma irrealização humana, não passa de uma incompetência total, porquanto gera aspirações no indivíduo e não as pode cumprir.
Mas, a vida não é imprevisível, nem incontrolável e nem irrealizável. O ser humano deseja para entrar em estado de felicidade e de plenificação.
Se nós pudéssemos reunir, numa só pessoa, todas as boas coisas que ocorrem, em separado, nos indivíduos de todo o mundo, por certo a soma de todos esses atributos seria a satisfação e plenificação de todos os desejos possíveis ao ser humano. Se reuníssemos numa pessoa a sabedoria dos sábios, a riqueza dos ricos, a felicidade dos felizes, o amor dos que amam plenamente, a paz dos que estão em paz, a harmonia dos harmoniosos, a saúde dos saudáveis, a honestidade dos honestos, a liberdade dos livres, o poder dos poderosos, o conforto dos que vivem em habitações luxuosas e confortáveis, a simplicidade dos simples, a confiança dos autoconfiantes, a calma dos calmos, a energia dos cheios de energia, a certeza dos seguros de si, a limpeza mental dos mentalmente limpos, o positivismo dos positivos, o otimismo dos otimistas, a clarividência dos clarividentes, a fé dos confiantes, a facilidade de ir e vir dos que podem estar onde quiserem, o prazer perene dos melhores momentos de prazer - então, não seria exagero dizer que essa pessoa é feliz. Essa pessoa teria fechado o abismo existente entre a sua realidade atual e os seus anseios. Pois bem, se esses atributos existem esparsos pelo mundo significa que são possíveis de existir numa só pessoa, porquanto tudo o que um ser humano pode, todos os outros podem.”




VOCÊ É O RESULTADO DE SUA MENTE


Você é o que for a sua mente. A mente age, gerando em si mesma um estado de paz ou de agitação, de alegria ou de tristeza, de amor ou de ódio, de riqueza ou de pobreza, de sucesso ou de fracasso, e o corpo reage gerando bem-estar ou doenças, de acordo com o conteúdo que a mente lhe envia.
O homem é a sua mente. O corpo é a manifestação da mente. A estrutura humana é expressão da mente. Quando a mente se deteriora, o corpo se deteriora; quando a mente deixa o corpo, a energia corpórea se transforma em outros tipos de energia.
O corpo, portanto, é o resultado da mente. Como a mente é controlável, a saúde e a doença podem ser controláveis. A mente em estado de perfeita ordem e harmonia gera um corpo em perfeita ordem e harmonia, ou seja, em estado de saúde. Por outro lado, a mente é o agente de todos os estados intelectuais, emocionais, sensoriais, extra-sensoriais e espirituais.

O pensamento é o estopim do subconsciente

Quando perguntaram, num programa de televisão, ao escritor Nelson Rodrigues o que pensava sobre a morte, ele citou alguém que teria dito que a “morte é a coisa mais triste”, e acrescentou: “Não, a morte não é triste, triste é a vida:” Esta é mais uma das milhares de definições que você encontrará sobre a vida. Na maioria, negativas. Na verdade, cada pessoa tem uma definição própria para a vida. E esta definição parte apenas de um ponto de vista: o pensamento de cada um.



Se a vida se apresenta ao seu pensamento como algo agradável, cheio de belas surpresas, você dirá que a vida é uma boa. Se você pensa que a vida, para ser boa deve lhe trazer um certo benefício que você não conseguiu alcançar, você dirá que a vida é uma frustração. Se você só enxerga, agora na vida, os outros subindo e você descendo, afirmará que a vida é uma injustiça cruel. Se você acorda sempre disposto, saudável, confiante na sua boa estrela, dirá que a vida é uma irradiação de felicidade. Se você vive um grande amor, dirá que a vida é amor. Se consegue chegar aonde deseja, para você a vida é um sucesso permanente.


O SEMELHANTE ATRAI O SEMELHANTE


Há uma lei mental que é assim enunciada: o semelhante atrai o semelhante, ou, em outras palavras, o igual atrai o igual. Isto quer dizer que o pensamento atrai a realidade do seu conteúdo. A partir desta verdade, você estará se dando conta de que pensamentos de fracasso atraem o fracasso, pensamentos de sucesso atraem o sucesso, pensamentos de amor atraem o amor, pensamentos de ciúme atraem o conteúdo do ciúme, pensamentos de alegria atraem a alegria, pensamentos de tristeza atraem a tristeza, assim por diante. O pensamento é uma realidade mental que atrai a realidade física. lá, há milhares de anos, o profeta David, pai do sábio Salomão, afirmava: abyssus abyssum ínvocat, ou seja, o abismo atrai o abismo.


Os seus pensamentos, portanto, fazem a sua vida. A sua vida é a materialização, ou a expressão dos seus pensamentos constantes. E o futuro será a colheita dos pensamentos semeados na mente hoje. Você, pois, está determinando agora o que será mais tarde. Todo efeito tem a sua causa, como ensinava o grande sábio Jesus Cristo:


“Toda árvore boa dá bons frutos, toda árvore má dá maus frutos”. É a lei da natureza coincidindo com a lei da mente: cada um colhe o que semeia. Não existe acaso, má sorte, azar; é a soma dos seus pensamentos diários que leva você a esses resultados. O melhor time nunca perde o campeonato. Pode sofrer algum revés, que somente contribuirá para aprimorar mais ainda a técnica, mas ninguém lhe tirará das mãos o resultado final almejado.


Shakespeare escreveu, na sua tragédia Hamlet, ato II, cena 2, uma frase espantosamente profunda: “O bem e o mal não existem, o pensamento é que os cria.”


PENSE GRANDE

Agora você está começando a vislumbrar o caminho do sucesso. Quem sabe, até aqui você vivia procurando as razões do sucesso e do fracasso fora de você. Talvez você estivesse fazendo até agora exatamente como tantos dos seus amigos, conhecidos e vizinhos, que atribuem os problemas às difíceis contingências da vida, ou à falta de sorte, ou quE à incompetência do governo, ou, mesmo, à crise mundial provocada pelo petróleo. Mas, nunca se esqueça de que, mesmo durante a última guerra mundial, muitos homens continuaram enriquecendo; nunca esqueça que, mesmo agora durante as crises que você acha que estão barrando seu sucesso financeiro, muitos continuam enriquecendo. Vamos, comece a pensar grande. Saia fora dessa enleada negativa, que o amarra a estreitos limites.

O poder infinito de sua mente por LAURO TREVISAN

Há certos fenômenos no mundo que parecem ser dirigidos por uma força estranha e superior. Este livro tem algo de fenômeno, não só por atingir a incrível tiragem de 600.000 exemplares, desde seu lançamento em 1980, mas também pelo número imenso de pessoas que, através de sua leitura, curaram suas doenças, sobrepujaram o fracasso, tornaram-se vitoriosos e prósperos, alcançaram o milagre de um ótimo casamento ou conseguiram a realização total de suas mentalizações grandiosas.

Hoje é best seller também em outros países, pois já está traduzido para o inglês espanhol, italiano e alemão. Neste momento, só estamos pensando em você, que tomou o livro nas mãos, pois temos certeza que você também se ligará nessa Força Divina, que tornará sua vida melhor e melhor em todos os sentidos. Parabéns e boa sorte. Com certeza.







DESCUBRA AS MARAVILHAS DE SUA MENTE

“Em qualquer direção que percorras a alma, nunca tropeçarás em seus limites”.

Sócrates






Muitas vezes você deve ter-se perguntado: por que algumas pessoas são felizes e outras desgraçadas? Por que alguns têm sucesso na vida e outros vivem e morrem marginalizados?


Olhe ao seu redor e verá pessoas que começaram como simples empregados e hoje estão lá em cima, e verá pessoas que nunca saíram do mesmo lugar; verá pessoas que casaram e são felizes, e verá pessoas cujo casamento se desintegrou, não sobrando pedra sobre pedra. Continue olhando e verá pessoas que conseguiram curar-se de doenças tidas como incuráveis, e pessoas que nada puderam contra a doença. Talvez você faça parte desse exército incalculável de pessoas que sofrem de insônia e só vão pegar no sono de madrugada à força de soníferos, quando existem tantas outras pessoas que, basta caírem na cama, e já estão dormindo na doce paz de um saudável sono.


Você já se perguntou por que existem pessoas alegres e despreocupadas, quando milhões de outras são deprimidas e atormentadas por neuroses e medos? Muitos já dividiram o mundo em duas partes: as pessoas de sorte e as pessoas de azar. Será que vivemos sob o fluxo e refluxo do imprevisível? Será que teremos que dizer, como Shakespeare, que “há mais mistérios neste mundo do que a nossa vã filosofia pode imaginar?”


Foi para abrir a sua mente que escrevi este livro. Aqui você descobrirá o seu verdadeiro destino. Agora você começa a levantar o véu do mistério e do desconhecido; agora você vai encontrar o caminho dos seus sonhos. Não importa o estado atual em que você se encontra. Não importa se você é pobre ou doente ou fracassado. Você pode, desde logo, começar a abrir as mãos para receber todas das as dádivas da vida.


Seria injusto supor que só uma pequena classe de privilegiados pudesse ter acesso aos arcanos da sorte e das boas coisas da vida, enquanto que o resto teria que se contentar com as migalhas.


Seria também ridículo admitir que as riquezas do uni verso sejam limitadas, de tal sorte que, se uns tiverem bastante, outros terão pouco. Você sempre desejou ter uma vida repleta de felicidade, de amor, de paz, de saúde, de bem-estar econômico. Se não o conseguiu, alguma coisa deve estar errada em você. O que é?


Sei que você já culpou a falta de sorte, a falta de oportunidades; sei que já culpou os pais, o governo, a vida, o mundo, o diabo, as bruxarias, os despachos, sei lá o que mais.

Mas, comece a pensar desde já: será que a culpa está fora de você ou dentro de você?
 SE OS OUTROS PUDERAM VOCÊ TAMBÉM PODE
Lembre-se que tudo o que é pensável é realizável. Tudo o que uma pessoa pode desejar, pode conseguir. Se os outros puderam, você também pode, porque as citou a leis do universo, do qual você faz parte, são justas, corretas, indiscriminatórias e infalíveis. Aquelas pessoas que alcançaram enorme sucesso na vida, aquelas pessoas que realizaram maravilhas, aquelas pessoas que obtiveram verdadeiros milagres, se tivessem usado a mente da forma errônea como você a usou, não seriam agora mais do que você.


Um dia um senhor veio se queixar comigo de que sua vida estava na pior. Tudo dava errado. Eu perguntei-lhe o que estava fazendo para melhorar a vida e qual era a sua meta desejada, bem como aonde pretendia chegar. Ele não soube me dizer. Não sabia o que queria. E se queixava. Se você toma um táxi e não diz ao motorista para onde deseja ir, ele não poderá levá-lo a lugar algum, não é mesmo? Os outros puderam porque sabiam o que queriam. Saiba o que você quer e aqui aprenderá a usar os meios infalíveis e fáceis para chegar lá. Você vai aprender a usar o poder infinito de sua mente, poder este que lhe alcançará tudo aquilo que você deseja. Não importa se você é culto ou não, se é pobre ou não, se é inteligente ou não, se você tem dinheiro ou não, se você tem saúde ou não.


Seja você quem for, esteja onde estiver, há dentro de você uma bomba atômica de força irresistível. Quando você descobrir o lugar do estopim, BUUUUUUMMMM! - conseguirá estourar a sua bomba e a sua vida se modificará de forma incrível.





Texto para reflexão;

Motivação sem atitude é só motivo!




Recentemente, em visita à cidade de Itu, interior de São Paulo, estava descansando à beira da piscina e, apesar da temperatura não estar muito convidativa, resolvemos entrar, eu, minha esposa e uns amigos.


A água estava realmente fria e ficamos nos desafiando, mas nenhum de nós realmente mergulhou.

Sem maiores preocupações, mas sentindo o mesmo frio que o final de semana proporcionava, uma garotinha com não mais do que 9 anos se aproximou da piscina e, sem nenhuma hesitação, atirou seus óculos de mergulho no fundo da piscina, respirou e mergulhou, deixando um bando de marmanjos, além de respingados, humilhados.


Perguntei se alguém percebera o que acabara de acontecer na gélida piscina.

Diante de respostas imediatistas do tipo: "que corajosa" e coisas assim, chamei a atenção de todos:

- Essa menina tinha as mesmas restrições que nós adultos (o frio e a água gelada da piscina) e, no entanto ela como todos nós queríamos entrar e assim decidiu inconscientemente que a motivação deveria partir dela mesma: atirou os óculos e assim arranjou o MOTIVO que precisava para a AÇÃO: recuperá-los.





Notem que recuperar os óculos era um objetivo secundário que propiciou a ela atingir seu objetivo maior: mergulhar.
Meus amores, transportando essa situação para nossa carreira ou para o nosso trabalho, que conclusões podemos tirar?
De que de nada adianta o ambiente favorável se não agimos para alcançar nossos objetivos.
No nosso caso, tínhamos uma bela piscina, companhias agradáveis, mas fomos parados pelo frio.
Estabelecer metas claras: o que queremos alcançar (mergulhar) e, se preciso metas alternativas (recuperar o objeto atirado na piscina) para se conseguir o objetivo principal.
Usar a criatividade para driblar os obstáculos e adversidades que o ambiente ou a situação nos apresenta.
Usar os próprios recursos disponíveis (no caso da menina, os óculos de mergulho) e não ficar esperando aquela oportunidade ou verba extra para o novo projeto.
E acima de tudo, ATITUDE.

Grandes e excelentes projetos muitas vezes naufragam por falta de AÇÃO e assim frustram equipes inteiras.
Assim, queridos leitores, a mensagem é que aproveitem os aspectos favoráveis, usem a criatividade para transformar os desfavoráveis e sempre, tomem atitude, não fiquem em cima do muro.

Façam a vida andar pra frente.
E pra encerrar, não deixamos por menos, mergulhamos também.

26 de agosto de 2010

60% dos fumantes com câncer não conseguem abandonar o cigarro

Dificuldade para largar vício foi detectada em pesquisa feita em SP.
Instituto do Câncer distribui gomas de nicotina e adesivos aos tabagistas.


Do G1, em São Paulo




 Seis a cada dez fumantes com câncer não conseguem parar de fumar mesmo depois de saber que estão doentes. O dado foi detectado em levantamento do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo e divulgado nesta quinta-feira (26).

O tabagismo prejudica a função pulmonar, o que aumenta o risco de complicações durante a radioterapia. Além disso, dificulta a cicatrização, eleva a pressão arterial e o risco de doenças cardiovasculares.


Outro problema provocado pelo cigarro é a interferência na quimioterapia. Para quem é tabagista, o efeito de alguns remédios pode ser bem menor.


Para contornar o problema – 35% dos pacientes atendidos pelo instituto são fumantes – foi adotada a estratégia de distribuição de gomas de nicotina e adesivos.




PS: Interessante que o fumante que pode ter tido uma grande dificuldade em se acostumar com o fumo agora não poderá passar um dia sem cigarros. Se for privado de fumar por algumas horas, irá sentir-se desconfortável, irá ficar nervoso e fazer qualquer coisa para conseguir um cigarro. O vício psicológico está integrado ao estilo de vida. Todos os fumantes desenvolvem seus próprios hábitos de fumar: enquanto tomam café, conversa no telefone, dirigindo automóveis, estresse, situações agradáveis tais como: tomar um drinque, relaxar depois do jantar, motivam o desejo por um cigarro. As vezes o agente motivado não passa de um desejo de Ter algo para fazer com as mãos ou do rito familiar de acender o cigarro. Vício físico é menos compreendido. Existem centros no cérebro que são decisivos na transmissão de impulsos nervosos. Esses centros usam substâncias químicas específicas: os neurotransmissores que sintetizados na ponta do nervo, pontas para transferir impulsos para as células nervosas seguintes.


Essas terminações nervosas ficam saturadas com a nicotina, que como um neurotransmissor substituto que produz uma sacudida no cérebro.

Dermatite atópica sintomas

Uma doença crônica que geralmente atingi as crianças, mas pode continuar durante toda a vida ou surgir tardiamente pode ser chamado também de eczema e é uma das dermatites mais comuns afetando homens e mulheres igualmente, a doença pode reagir de acordo com o período e condições climáticas em alguns pacientes durante o verão pode ser pior e no inverno amenizar ou vice e versa, a doença é caracterizada pela coceira constante e a inflamação da região, o termo dermatite refere-se à inflamação e atópica é um termo que denomina doenças hereditárias e acompanhadas de outras doenças como a asma que em alguns casos acompanha a dermatite.



Os principais sintomas são vermelhidão local, coceira, crostas, inflamação, lesões e até o inchaço em alguns casos a doença pode ser permanente e requer tratamento frequente em outras ela se recupera completamente como no caso de crianças que iniciam tratamento podem apenas apresentar a pele facilmente irritada e ressecada, porém durante os anos a tendência é a remissão total, quem mora em zonas urbanas e clima desfavorável como a capital de São Paulo corre mais risco de desenvolver a doenças em algum momento da vida, inclusive as crianças, o fator mais provável para a criança desenvolver a doença são condições climáticas ou fatores ambientais e a hereditariedade e até alguns alimentos como derivados do leite, ovos, frutos do mar, peixes, soja e amendoim, outro fator é a irritação cutânea causada por substâncias químicas provavelmente encontradas em sabonetes, suor, amaciantes de roupas e a lã, em alguns casos são possíveis surgir de acordo com fatores emocionais. É importante que as pessoas reparem em quaisquer mudanças na pigmentação e irritabilidade da pele, se caso surgir coceira e vermelhidão é necessário a visita ao dermatologista para que ele possa averiguar o quadro diagnosticando as suspeitas.


O tratamento deve ter o acompanhamento médico dermatológico é preciso fazer o uso de cremes hidratantes, antiinflamatórios tópicos em alguns casos o uso de imunossupressores e imunomoduladores e anti-histamínicos orais, não há como se prevenir apenas ter atenção se caso surgir a coceira é preciso imediatamente procurar ajuda médica para evitar futuros problemas como manchas na pele, aumento em diversas partes do corpo entre outros.
 
 
Fonte: Blog Brasil

25 de agosto de 2010

"Nas tuas mãos, estão os meus dias" (Sl 31.15)

Em Luto!!






A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas.Talvez sempre tenham sido e sempre serão.Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos.E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos.Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá.
(Diário de uma paixão)






 


Saudades eternas dos momentos lindos que passamos juntos do seu lindo e timido sorriso, da sua presença tão alegre.

Hoje você não está entre nós... mas ficará para sempre guardada em meu coração.




Momento Despedida. Saudades sentirei... de todos as conversas e risadas jogadas ao vento de tudo o que vivemos e passamos neste tão curto tempo. Mas o bastante, para mudar conceitos já pré-estabelecidos e consolidar uma amizade…
Dividimos, não só a infância, uma sala, mas sim sorrisos, lágrimas e expectativas futuras.
Pode ser, que nos separemos… e que talvez nem nos reconheçamos daqui alguns longos anos. Mais obrigada pela experiência que compartilhamos, os momentos que ficarão para a vida toda, Danilo Victor Vasconcelos.









 







♫ Não sei porque você se foi quantas saudades eu senti e de tristezas vou viver e aquele adeus não pude dar. Você marcou em minha vida. Viveu, morreu na minha história. Chego a ter medo do futuro e da solidão que em minha porta bate.
E eu... Gostava tanto de você.
Eu corro e fujo desta sombra. Em sonho vejo este passado. E na parede do meu quarto. Ainda está o seu retrato. Não quero ver pra não lembrar. Pensei até em me mudar.
Lugar qualquer que não exista. O pensamento em você.
E eu.. Gostava tanto de você ♫

Sigmund Freud - O explorador da mente

Os estudos do pai da psicanálise provocaram impacto em várias áreas, inclusive na Educação

Da antropologia à teoria literária, da filosofia à ciência política, poucas áreas do pensamento humano escaparam à influência do médico austríaco Sigmund Freud (1856-1939). A Educação não é exceção. Como o próprio Freud observou, suas pesquisas começaram pela observação da histeria em mulheres, mas aos poucos foram se deslocando para a psicologia infantil.



Um dos motivos da ampla influência da psicanálise é que seu autor a desenvolveu em duas vertentes: no estudo do psiquismo (o conjunto de processos mentais conscientes e inconscientes) e no do método terapêutico. Portanto, ao mesmo tempo que abre caminho para um profundo conhecimento do ser humano, essa ciência tem noção dos limites e das dificuldades de sua aplicação como cura ou solução. Por isso, tentar fazer uso prático da psicanálise na escola é perda de tempo. "Muita gente utiliza diversas teorias na Educação como quem se vale de uma caixa de ferramentas", diz Leandro de Lajonquière, psicanalista e professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. As maiores contribuições de Freud nessa área estão no conhecimento do desenvolvimento sexual da criança (leia a reportagem sobre educação sexual) e no papel da linguagem.
Pelo menos em duas ocasiões, Freud escreveu que Educação, política e psicanálise são atividades "impossíveis", pois as três lidam com a palavra. "Mas isso não quer dizer que não há como exercê-las. Temos de ter em mente que, quando a linguagem é o instrumento, o resultado profissional nunca é exatamente o pretendido", explica De Lajonquière.
 
Biografia

Experiências próprias pontuaram sua obra


Sigismund Schlomo Freud, que passou a assinar Sigmund Freud, nasceu em 1856 em Freiberg, na Áustria, numa família judia de classe média que, três anos depois, se mudaria para Viena, onde Freud se formou em medicina. Seu interesse pela pesquisa o levou a estudar neuropatologia em Paris e a se associar ao médico Joseph Breuer (1842-1925). Casou-se com Martha Bernays, com quem teve seis filhos. Experiências clínicas e pessoais, como a morte do pai, foram elaboradas por Freud como teoria psicanalítica e apresentadas pela primeira vez de modo sistemático no livro A Interpretação dos Sonhos (1900), ao qual se seguiram Psicopatologia da Vida Cotidiana (1904) e Três Ensaios sobre a Teoria da Sexualidade (1905). A obra de Freud adquiriu amplitude de temas em Totem e Tabu (1913) e O Mal-Estar na Civilização (1930). Acuado pelos nazistas, ele mudou-se com a família em 1938 para Londres, onde morreu no ano seguinte.


Repressão sexual
As pesquisas que Freud fez sobre linguagem se relacionam a um dos objetos de estudo da psicanálise, o inconsciente - região psíquica à qual a pessoa não tem acesso voluntário, mas que se manifesta em sonhos, atos falhos e sintomas de neuroses e psicoses. O conceito já era estudado por Jean Charcot (1825-1893), com quem Freud trabalhou (leia o quadro abaixo). O jovem austríaco, porém, concluiu que os conflitos da mente tinham origem na sexualidade.


O cientista chegou a apostar que a escola desempenharia um papel revolucionário caso abolisse ou atenuasse a função sexualmente repressora que sempre exercera. Porém, com o tempo ele passou a ver as coisas de outro modo. Mas advertiu que o sofrimento que a Educação infligia aos alunos ao lidar com pulsões e afetos sexuais poderia ser, de certa forma, atenuado. "A pedagogia sempre ignorou a sexualidade, que se manifesta queira a escola ou não", observa De Lajonquière.
Freud detectou uma ampla gama de impulsos operando dentro e fora da libido (energia sexual) do indivíduo desde o nascimento. O contato corporal com a mãe - sobretudo pela amamentação - a transforma no primeiro objeto amoroso do ser humano. A descoberta de conexões libidinais e mecanismos de percepção que emergem durante os primeiros anos de vida levou Freud a elaborar a teoria do complexo de Édipo - que não é doença, como sugere o uso deturpado da palavra "complexo", mas um processo universal ao qual todos estamos sujeitos.


Simplificadamente, ele refere-se ao desejo sexual dos meninos pela mãe e à rivalidade com o pai na disputa pelo amor materno. Na menina ocorreria um processo similar, também relacionado ao vínculo inicial com a mãe. Em ambos os casos, a superação dessa fase resultaria, entre outras coisas, no redirecionamento da libido e na internalização da autoridade paterna - etapa fundamental da formação do superego, uma das três partes do aparelho psíquico formador da personalidade, juntamente com o ego e o id.


O id é a parte primal da mente, que contém forças instintivas inacessíveis à consciência. Já o superego se forma juntando aspectos de censura e ideais construídos por inf luência dos pais, dos educadores e dos valores civilizacionais. E o ego representa a razão, a busca de controle e equilíbrio e a tentativa de defesa contra pulsões agressivas e auto-agressivas.

Os caminhos de Freud

A cura pela palavra e pela livre associação  

 
Sigmund Freud trabalhou com a intuição dos processos inconscientes nos estudos clínicos feitos em Paris com o neurologista Jean Charcot, que usava a hipnose para tratar histeria. Em Viena, ele teve contato com Joseph Breuer, que cuidou da paciente conhecida como Anna O. Num estado próximo da auto-hipnose, ela falava sobre as primeiras vezes que experimentou os sintomas de histeria, e só isso reduziu a incidência e a violência dos surtos. Nos casos que acompanhou, Freud percebeu que a relutância em associar idéias, os silêncios e as dificuldades de pronúncia indicavam conf lito entre o consciente e o inconsciente reprimido, geralmente material de natureza sexual. A psicanálise surgiu da crença de que trazer à tona esse teor e tratar dele pela fala seria um meio de desatar o nó psíquico. Freud começou então a afirmar a existência da sexualidade infantil e a necessidade de conhecê-la.

Sublimação e arte
Essas três instâncias administram a rede de pulsões de satisfações sexuais e de morte, que coexistem em todos os seres humanos. Os critérios de cada um para lidar com elas obedecem às necessidades de autoconservação, de prevenção do sofrimento e de maximização do prazer. A complexidade do processo leva à inibição ou à repressão de instintos. Um dos resultados desse processo é a sublimação, que conduz à produção cultural por uma atividade psíquica de reelaboração da pulsão do prazer.


Essas constatações fizeram Freud concluir que não haveria civilização sem repressão. Mas, para ele, a escola poderia direcioná-la para o lado bom: a sublimação que leva à produção artística. "Porém, como todo processo psíquico, esse mecanismo é inconsciente e não pode ser conduzido por uma programação feita pela escola", explica De Lajonquière.

Há pelo menos uma observação feita por Freud aos pais que vale para os educadores: "Nós nos preocupamos demais com os sintomas e muito pouco com o lugar do qual provêm. E quando criamos os filhos queremos simplesmente ser deixados em paz, queremos uma 'criançamodelo' sem nos perguntarmos se isso é bom ou ruim para ela".






Por Márcio Ferrari

10 dicas para ficar esperto...

Enquanto o seu Q.I. parece ser determinado geneticamente, portanto imutável, há ainda várias maneiras ficar mais inteligente, maximizando a sua inteligência funcional. Use bem a lista abaixo, pois estará investindo no seu maior patrimônio, sua mente.


10. Coma peixe
Peixes oleosos são ricos em DHA, um ácido graxo Omega-3 responsável por 40% da formação das membranas celulares e podem melhorar a neurotransmissão. O DHA é necessário para o desenvolvimento do cérebro do feto e vários estudos ligaram dietas com bastante peixe à redução do declínio mental com a idade avançada.

9. Beba chá
A cafeína do chá verde e preto faz o corpo pegar no tranco e afia a mente. Não é bom beber café e energéticos. Para um ganho cerebral excelente faça pausas regulares para beber chá. Doses pequenas durante o dia são melhores do que tomar uma única grande dose.

8. Sem pânico
Enquanto um leve nervosismo pode melhorar o desempenho cognitivo, períodos de estresse intenso nos transformam em neandertais. Tente controlar a sua respiração.

7. Mais devagar
Não existe o fenômeno anunciado por aí chamado de “leitura dinâmica”. Ao menos se o seu conceito de “leitura” significa compreender o texto. Estudos mostram que os leitores rápidos vão muito pior quando questionados sobre o texto. A resposta motora da retina, e o tempo que a imagem leva para ir da mácula para o tálamo e em seguida ao córtex visual para processamento, limita os olhos para cerca de 500 palavras por minuto, em eficiência máxima. O estudante universitário comum alcança,cerca da metade disto.

6. Mantenha-se afiado
Pesquisadores italianos descobriram que pessoas que tem mais de 65 anos que andam cerca de 9 km por semana em passo moderado tem 27% menos chance de desenvolver demência do que adultos sedentários. Os pesquisadores pensam que exercícios possam melhorar o fluxo sanguíneo no cérebro.

5. Pratique
Pratique os tipos de questões que aparecem nos testes de inteligência. Ao se preparar para problemas verbais, numéricos e espaciais, típicos dos exames psicrométricos, você pode melhorar o seu escore.

4. Zzzzzz
Tirar uma soneca rápida no escritório pode deixar seu chefe irritado? Informe-o que você, na verdade, merece uma promoção de acordo com os últimos resultados dos estudos sobre o sono. Um breve cochilo pode melhorar a sua memória, mesmo que dure apenas seis minutos.

3. Jogue videogame
Todo mundo que implorou por um videogame agora vai conhecer o melhor argumento para conseguir um: “Você não quer que eu tenha uma coordenação visual e motora inferior, quer?” Agora você pode falar que alguns jogos o tornam mais inteligente assim como o Brain Age, da Nintendo. Depois de esforços cuidadosos os jogadores “sentem seus cérebros rejuvenescerem”.

2. Exercícios
Estudos mostram que estudantes que praticam exercícios aeróbicos regulares ajudam a construir matéria cinza e branca no cérebros de adultos mais velhos. Em crianças o ponto alto foi o de levar a melhores performances em exames cognitivos.

1. Descubra
Aprender novas coisas pode reforçar o cérebro, especialmente se você acredita que pode aprender novas coisas. É um círculo vicioso: Quando você pensa que está tornando-se mais inteligente, você estuda mais, criando mais conexões entre os neurônios

Fonte: newskype.blogspot.com

24 de agosto de 2010

Pausa para reflexão!

Engraçado.. faz alguns dias que venho falando em criar um blog só não sabia a que iria direcionar, se meu blog teria um foco ou teria tópicos diferenciados. Conversando virtualmente com duas amigas senti que deveria criar algo que ajudasse as pessoas. Certo, mais AJUDAR como? Porque não é nada fácil prosseguir essa VONTADE. Então decidi que faria um blog para trocar experiências, por depoimentos, fatos, acontecimentos sobre RELACIONAMENTOS, DÚVIDAS, REFLEXÕES, MISTÉRIO DA MENTE, CURIOSIDADES, EXPERIÊNCIAS obtidas por decisões tomadas, palavras ditas, por uma iniciativa ou falta dela.

Tenho 22 anos e por todo minha jornada venho cruzando caminhos de pessoas que só querem conversar, de pessoas que querem pessoas para ouvi-lás, abraça-lás, para dar uma palavra de conforto, pessoas que precisem ouvir um "isso não esta certo".




O comportamento do ser humano me fascina é interessante como uma pessoa interage com a outro. Tenho encanto pela felicidade alheia (Fazer o bem sem olhar a quem) é exatamento isso.




Visualizando meu blog notei que fiz 8 (oito) postagem e nenhuma esta voltado para meu foco. Cômico? Não, constrangedor! Se fiz o blog com uma visão e as noticias não chegaram a centralização do que propunha minhas idéias; não faz sentido continuar.
Portanto, teremos novidades por aqui. Vamos interagir com fatos verdadeiros e conhecer as experiências que alcançaram.
Aprendi que conhecimento não só é adquirido por prática ou experimentação os  estudos e observações nos ensinam muito.
 
Abraço forte!

Você está satisfeito(a) com seu trabalho?


Se respondeu SIM, parabéns! Você é um privilegiado! Acho até que você nem precisa continuar a ler este texto mas... vamos, leia!


Se sua resposta foi NÃO, fique tranquilo ou, pelo menos, não se preocupe muito. Recentes pesquisas mostram que 95% das pessoas não estão nada satisfeitas com suas atividades profissionais. Por que? As razões são as mais variadas e muitas delas são velhas conhecidas de todos nós: salários baixos, não gostar do que faz, achar o chefe insuportável e muitas outras.
Mas por que 95% das pessoas não estão satisfeitas?

É, isso quer dizer que de cada 10 de seus colegas de trabalho, 9 e meio (bem, vamos deixar por 9) não estão realmente satisfeitos. Será que nessa lista estão até seu chefe, ou mesmo seu diretor? Claro que se você fizer a sua própria pesquisa, provavelmente o resultado será diferente. Pode até ser que de cada 10 pessoas, apenas uma esteja insatisfeita.
Bom, você deve estar se perguntando se o cara que escreveu este texto está satisfeito com sua atividade profissional. É... tenho que admitir que nem tudo o que faço é agradável. Mas se eu pensar no contexto, como um todo, sim, tenho prazer no que faço, além de ser um privilegiado de só fazer as coisas que gosto.
Mas voltando ao assunto, se você não está satisfeito, das duas, uma: ou existe alguma coisa errada com seu trabalho ou existe algo errado com você.
Se o que estiver errado é seu trabalho, a solução é simples: mude de atividade. Mas não apenas por dinheiro. Escolha algo que lhe dê paixão, algo que o faça pensar aos domingos à noite : "Que bom, amanhã é segunda-feira, vou colocar em prática as idéias que tive nesse final de semana".
Tem que ser um trabalho em que você não saiba quando está começando, e nem se está trabalhando ou não, entende?
Assim, você irá produzir muito mais com menos stress, terá mais satisfação com o trabalho e com os resultados, e, consequentemente, terá saúde e qualidade de vida. Via de regra, o dinheiro suficiente para uma vida confortável e o sucesso são uma conseqüência natural.
Mas também não é preciso se tornar um workaholic. Não abra mão dos prazeres da vida, do lazer, de descansar e, principalmente, do amor e da família.
Agora, se o problema estiver em você, não adianta mudar de atividade, porque o problema vai te acompanhar. Pare e pense sobre seus objetivos de vida. Você se lembra quais eram seus sonhos há 10 anos atrás? Será que daqui a 10 anos eles serão os mesmos de hoje?
Nossos objetivos mudam ao longo da vida. Talvez, se estiver insatisfeito, você esteja passando por um desses momentos de transição. E nem está percebendo que chegou a hora de ajustar o rumo.

Por Antonio Carminhato - consultor de Qualidade de Vida e diretor do Instituto Arte de Viver


Ocorreu um erro neste gadget

Dica do dia

  • Arca de Nóe - Filme
  • Nikita - Séries
  • The Big Bang Theory - Séries
  • Dexter - Séries
  • Touch - Séries
  • 50 / 50 - Filme
  • Amizade Colorida - Filme
  • Confiar - Filme
  • A Bela Adormecida - Filme
  • Pedras de Calcutá - Caio Fernando Abreu
  • O Ovo Apunhalado - Caio Fernando Abreu
  • Morangos Mofados - Caio Fernando Abreu
  • As Frangas - Caio Fernando Abreu
  • Convivendo com os Diabinhos - Mirim Roders
  • Decisões Extremas - Filme
  • O Poder e a Lei - Filme
  • Os segredos da mente milionária - T. Harv Eker
  • Piaf - Filme
  • O Varredor de Cinzas - Livro
  • Apenas Sexo - Filme

Ache aqui!

Os infinitos mais vistos

Isso é escrever

“Não sinto nada mais ou menos, ou eu gosto ou não gosto. Não sei sentir em doses homeopáticas. Preciso e gosto de intensidade, mesmo que ela seja ilusória e se não for assim, prefiro que não seja. Não me apetece viver histórias medíocres, paixões não correspondidas e pessoas água com açúcar. Não sei brincar e ser café com leite. Só quero na minha vida gente que transpire adrenalina de alguma forma, que tenha coragem suficiente pra me dizer o que sente antes, durante e depois ou que invente boas estórias caso não possa vivê-las. Porque eu acho sempre muitas coisas - porque tenho uma mente fértil e delirante - e porque posso achar errado - e ter que me desculpar - e detesto pedir desculpas embora o faça sem dificuldade se me provarem que eu estraguei tudo achando o que não devia. Quero grandes histórias e estórias; quero o amor e o ódio; quero o mais, o demais ou o nada. Não me importa o que é de verdade ou o que é mentira, mas tem que me convencer, extrair o máximo do meu prazer e me fazer crêr que é para sempre quando eu digo convicto que nada é para sempre." (Gabriel García Márquez)

Definição

"Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis, mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver."
(CFA)

Pausado

Pausado
"Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem"

Quem sigo

Um Pouco

"Mas como menina-teimosa que sou, ainda insisto em desentortar os caminhos. Em construir castelos sem pensar nos ventos. Em buscar verdades enquanto elas tentam fugir de mim. A manter meu buquê de sorrisos no rosto, sem perder a vontade de antes. Porque aprendi, que a vida, apesar de bruta, é meio mágica. Dá sempre pra tirar um coelho da cartola. E lá vou eu, nas minhas tentativas, às vezes meio cegas, às vezes meio burras, tentar acertar os passos. Sem me preocupar se a próxima etapa será o tombo ou o voo. Eu sei que vou. Insisto na caminhada. O que não dá é pra ficar parado. Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola. E refaço. Colo. Pinto e bordo. Porque a força de dentro é maior. Maior que todo mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários. É maior porque é do bem. E nisso, sim, acredito até o fim.” (Caio Fernando Abreu)
Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

Amazon SearchBox

Amazon Deals

Ocorreu um erro neste gadget

Groupon